Seja bem vindo(a)!

Que a sua visita seja constante e some muitos prodígios ao blog!

Deixe sua sugestão e/ou sua crítica.



“Esta é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações terá sido mera coincidência”.

As figuras utilizadas nas postagens são originárias do google images.


quarta-feira, 30 de maio de 2012

A dúvida



E então?

A dúvida é somente dúvida ou a dúvida é um medo?


Questionei-me sobre isso após uma conversa com um jovem rapaz acerca de assumir algumas responsabilidades que o destino lhe colocou a frente.

Será que nossas dúvidas sobre como devemos proceder diante de um fato  é uma forma de nos precavermos sobre o novo?

Ou será que é somente o medo de arcar com mais e maiores desafios?

 

Qual é o verdadeiro significado de nossas dúvidas e de nossos medos?


Coloque sua opinião aqui no blog.

Bia Fernandes

4 comentários:

  1. O medo, de uma forma geral, é intrínseco à dúvida. Se existe a dúvida, naturalmente existe o medo de se escolher o caminho errado ou do caminho ser certo, mas para a pessoa errada.

    Porém, Eduardo Galeano diz que "perseguir o horizonte é uma utopia, mas o caminho é válido".
    Sábias palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato.
      Conclui da mesma maneira minha reflexão.
      Se não existir a dubiedade fica difícil percorrer qualquer caminho pois, tudo que é muito claro e muito fácil não preenche o espaço por muito tempo.

      Excluir
  2. Bia, no meu entender, a dúvida tortura a alma da gente, é mais constrangedor ficar na dúvida do que ter medo!
    Este texto talvez traga alguma idéia mais clara sobre a dúvida: "ERA UM GRANDE NOME.ORA QUE DÚVIDA! UMA VERDADEIRA GLÓRIA. UM DIA ADOECEU,MORREU, VIROU RUA...E CONTINUARAM A PISAR EM CIMA DELE!" Mário Quintana.

    ResponderExcluir
  3. Bia, mais um pensamento sobre a dúvida, desta vez de FREUD:
    "NUNCA TENHA CERTEZA DE NADA, PORQUE A SABEDORIA COMEÇA COM A DÚVIDA."

    ResponderExcluir