Seja bem vindo(a)!

Que a sua visita seja constante e some muitos prodígios ao blog!

Deixe sua sugestão e/ou sua crítica.



“Esta é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações terá sido mera coincidência”.

As figuras utilizadas nas postagens são originárias do google images.


sexta-feira, 12 de julho de 2013

O homem


...e o homem, com toda a paciência do mundo, estava sentado e olhando o seu próprio pé.

Descendo a rua, deparei-me com uma cena inusitada. Havia um homem, com trajes pitorescos sentado no patamar de um muro pertencente a um banco de renome. Parei defronte a faixa para atravessar a rua.
Enquanto eu esperava o farol de pedestres abrir, fiquei observando o tal homem. Não sei quantos minutos se passaram, mas ele continuava ali, sentado e olhando para o seu próprio pé.


Bia Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário